Matthew Carter e sua história com o design de tipos

Matthew Carter é “o cara” das fontes tipográficas. Iniciou sua carreira como um artesão de fontes, materializando letras em metal que eram utilizadas nas prensas para impressão de livros, revistas e livros. Ele já havia desenhado vários tipos lendários (em 1975, ele criou de Bell Centennial para uso em listas telefônicas), quando ele entrou para a era do design digital. Como parte de um projeto realizado para a Microsoft, Carter criou os primeiros exemplos de sucesso para os tipos, ou fontes de tela, enfatizando clareza e facilidade de visualização, incluindo as familiares Verdana, Galliard e Geórgia. Um trabalho recentemente criado foi a MS Sitka, uma família de fontes digitais construídas para serem lidas em vários tamanhos em impressão e em tela.

Versões impressas e online de publicações como Sports Illustrated, Newsweek, Wired e The Washington Post encomendaram suas fontes com Carter, levando o blog da Microsoft  typography  a  chamá-lo de “a pessoa que molda a nossa forma de ler o mundo.”

Carter é um dos diretores da Carter & Cone Tipo Inc., uma empresa sediada em Massachusetts Cambridge, especializada na concepção e produção de fontes originais. Como ele diz: “A fonte é uma bela coleção de cartas, e não uma coleção de belas letras.”

Texto adaptado do original: TED

Posted on 8 de agosto de 2014 in Design Gráfico, Editorial

Share the Story

About the Author

Formado em Comunicação Social pela PUC-PR, trabalha como publicitário e designer gráfico. Prestou seviços como content manager e suporte ao cliente em vários projetos digitais da Historymakers. Atualmente é sócio-editor na Ampliar Editora, designer gráfico e editorial e consultor do projeto UmaPágina.

Leave a reply

Back to Top